11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

Grupo de Aviação de Veículos não Tripulados


    Apocalypse Now - 1979

    Compartilhe
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 44
    Localização : Tubarão

    Apocalypse Now - 1979

    Mensagem  Cnshark em Sab Ago 16 2014, 15:54








    Apocalypse Now é um filme americano de 1979, dirigido por Francis Ford Coppola , baseado no livro Heart of Darkness de Joseph Conrad e estrelado por Marlon Brando, Robert Duvall e Martin Sheen. Apocalypse Now foi indicado para sete Oscars, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor (Francis Ford Coppola) e Melhor Ator Coadjuvante (Robert Duvall) e foi premiado nas categorias Melhor Fotografia e Melhor Som.

    Origem: Estados Unidos
    1979 • cor • 153 min
    Direção: Francis Ford Coppola
    Produção: Francis Ford Coppola
    Roteiro: John Milius, Francis Ford Coppola, Baseado em Joseph Conrad
    ]Elenco: Marlon Brando, Robert Duvall, Martin Sheen, Frederic Forrest, Sam Bottoms, Laurence Fishburne, Albert Hall, Dennis Hopper
    Género:Guerra, Drama
    Idioma nativo: Inglês /Francês/ Vietnamita Khmer
    Lançamento: USA -15 de agosto de 1979 , BRA 26 de outubro de 1979
    Orçamento: US$ 31 milhões 1
    Receita: US$ 83.471.511 1



    Sinopse

    Em plena Guerra do Vietnam, por volta de 1969, um alto comando do exército americano designa o Capitão Benjamin L. Willard (Martin Sheen) para procurar e matar o Coronel Walter E. Kurtz (Marlon Brando), que havia supostamente enlouquecido e estava lutando a guerra à sua própria maneira com um grupo de combatentes nas selvas do Camboja.

    Subindo o rio num barco de patrulha e escoltado por quatro soldados, Willard depara-se com situações inacreditáveis e absurdas geradas pela guerra. À medida que se aproxima do destino e examina os documentos a respeito do coronel, seus pensamentos acerca deste e de sua missão vão se tornando cada vez mais confusos.

    O filme tem duas versões. A segunda, feita em 2001, chama-se "Apocalypse Now Redux" e tem 210 minutos, 60 minutos a mais de cenas adicionais. Esta versão foi reeditada pelo próprio Francis Ford Coppola.

    Existem bons motivos para assitir este filme com atenção. O primeiro deles é o delirante e metafórico roteiro. Adaptado do romance de Joseph Conrad pelo próprio Coppola em parceria com John Milius, a história vai ganhando fôlego a cada seqüência. O segundo bom motivo para enlouquecer com o filme é o encontro entre o Capitão Willard e Tenente-Coronel Kilgore (Robert Duvall). Kilgone é louco, lidera um ataque com seu esquadrão de helicópteros ao som da Cavalgada das Valquírias, de Wagner, e comanda um campeonato de surfe mesmo com os inimigos atirando sem parar!!!







    Principais prêmios e nomeações
    *Oscar 1980 (EUA)

    * Ganhou nas categorias de Melhor fotografia (Vittorio Storaro) e Melhor som (Walter Murch, Mark Berger, Richard Beggs e Nathan Boxer).
    * Nomeado nas categorias de Melhor direção de arte, Melhor filme - drama, Melhor actor coadjuvante/secundário (Robert Duvall), Melhor realizador/diretor (Francis Ford Coppola) e Melhor edição (Lisa Fruchtman, Gerald B. Greenberg, Richard Marks e Walter Murch)
    * Festival de Cannes 1979 (França)

    * Recebeu a Palma de Ouro e o Prêmio FIPRESCI.
    * Globo de Ouro 1980 (EUA)

    * Ganhou nas categorias de Melhor realizador/diretor (Francis Ford Coppola), Melhor actor coadjuvante/secundário (Robert Duvall), Melhor argumento original (Carmine Coppola e Francis Ford Coppola)
    * Academia Japonesa de Cinema 1981 (Japão)

    * Indicado na categoria de "Melhor filme estrangeiro".
    * BAFTA 1980 (Reino Unido)

    * Venceu nas categorias de "Melhor direção" e "Melhor ator coadjuvante/secundário" (Robert Duvall).
    * Indicado nas categorias de "Melhor ator" (Martin Sheen), "Melhor fotografia", "Melhor edição", "Melhor filme", "Melhor desenho de produção" e "Melhor trilha sonora".
    * Indicado ao "Prêmio Anthony Asquith" para "Música de filme".
    * Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro 2002 (Brasil)

    * Indicado na categoria de "Melhor filme estrangeiro".
    * Prêmio César 1980 (França)

    * Indicado na categoria de "Melhor filme estrangeiro".
    * Prêmio David di Donatello 1980 (Itália)

    * Venceu na categoria de "Melhor diretor - filme estrangeiro".

    Desenvolvimento
    Enquanto trabalhava como assistente para Francis Ford Coppola no filme The Rain People, George Lucas encorajou seu amigo e cineasta John Milius a escrever um filme sobre a Guerra do Vietnã.3 Millius teve a ideia de adaptar a trama Heart of Darkness de Joseph Conrad para a Guerra. Ele queria dirigir o o filme e sentiu que George Lucas era a pessoa certa para o trabalho. No entanto, o também cineasta Carroll Ballard diz que Apocalypse Now foi sua idéia em 1967 antes de Milius escrever o roteiro. Ballard tinha um acordo com o produtor Joel Landon e eles tentaram conseguir direitos do livro de Conrad mas não obtiveram sucesso. Lucas adquiriu os direitos mas falhou em dizer à Ballard e Landon.

    Roteiro
    Copolla deu à Milius 15 mil dólares para escrever o roteiro com promessa de adicionais 10 mil se fosse realizado. Milius diz que escreveu o roteiro em 1969 e que foi originalmente chamado de "The Psychedelic Soldier".5 Ele queria usar a história de Conrad como "uma espécie de alegoria. Teria sido simples demais para ter seguido o livro completamente". Ele baseou as personagens Williard e um pouco de Kurtz em um amigo, Fred Rexer, que havia vivenciado a cena citada pela personagem de Marlon Brando onde os braços dos habitantes das vilas são decepados pelos Vietcongues. Milius mudou o título do filme para Apocalypse Now inspirado em um button popular entre os hippies na década de 1960 que dizia, "Nirvana Now".

    O filme é baseado na obra Heart of Darkness, de Joseph Conrad. Nesse livro, o alter-ego de Conrad, Marlow, curioso das terras inexploradas ou quase inexploradas da África, resolve empregar-se numa companhia belga de extração de marfim. Uma vez no Congo, decepciona-se com o tratamento desumano dispensado aos nativos pelos colonizadores, e com o estado de abandono da colônia. É designado, então, para acompanhar o grupo que partirá em busca de Kurtz, um homem cheio de ideais humanitários, dotado de excepcionais qualidades intelectuais e artísticas, que há meses não manda notícias de si (nem do marfim). Tanto no filme quanto no livro, Kurtz parece ser o retrato da falência do humanitarismo sob interesses ambiciosos e egoístas.






    Curiosidades


    *Joseph Conrad esteve no interior do Congo Belga, trabalhando para uma empresa de exploração de marfim. Mas não é certo que tenha encontrado o Sr. Kurtz.
    * As filmagens de Apocalipse Now! deram origem ao filme O Apocalipse de um cineasta (1991), a que cabe a célebre frase de Kurtz: "O horror! O horror!"
    * "Mistah Kurtz, he dead" é a notícia dada por um nativo, no livro de Conrad. Essa mesma frase serve de epígrafe ao poema The Waste Land, de T. S. Eliot.
    * O poema que o Coronel Kurtz lê, na presença de Willard, é The Hollow Men, de T.S. Eliot.
    * Uma tomada de câmera revela que The Golden Bough era um dos livros preferidos do Coronel Kurtz.
    * A canção do início do filme, com cenas de um incêndio na floresta, provocado por um ataque estadunidense de bombas napalm, sendo repetida numa versão diferente no final do filme, é The End, um dos maiores sucessos da banda de rock The Doors.
    * Numa das mais famosas cenas do filme é também utilizada A Cavalgada das Valquírias, de Richard Wagner.
    * Marlon Brando, que aparece somente na parte final do filme, exigiu que seu personagem fosse mostrado somente em tomadas escuras, a fim de disfarçar a sua obesidade, o que acabou dando ao seu personagem, o "Coronel Kurtz", um ar sombrio e enigmático. Há outra versão, que essa opção na verdade teria partido do diretor e não de Brando.
    * O ator Martin Sheen sofreu um enfarte durante as filmagens.
    * Coppola demoraria três anos para finalizar o filme, que foi iniciado em 1976.
    * Copolla ameaçou suicidar-se por várias vezes durante as filmagens, que foram todas feitas nas Filipinas apesar da história se passar no Vietnã.
    * Jim Morrison, vocalista do The Doors, estudou com Coppola na faculdade de cinema da UCLA. Uma homenagem do diretor foi inserir a música dos Doors, 'The End', na trilha de Apocalypse Now. Além de encaixar-se no contexto do filme, a música fez a banda ser conhecida pela nova geração de fãs.
    * Laurence Fishburne mentiu a idade para participar do filme. Ele tinha então apenas 14 anos.
    * Coppola faz uma aparição no momento em que Willard (Martin Sheen) desembarca na praia para encontrar Kilgore (Robert Duvall). Ele é o diretor da filmagem em que pede para que os soldados finjam lutar e não olhem para a câmera.
    * O filme ganhou uma versão ao estilo parodia, na serie de desenho animado Eek! The Cat, no episódio "Eekpocalypse Now" .
    * Um furacão atingiu o set de filmagens e prejudicou toda a execução do filme.




    Filmes sobre o Vietnã


    A
    Air America (filme)
    American Gangster
    Apocalypse Now
    B
    Bala na Cabeça
    Os Boinas Verdes
    Born on the Fourth of July
    Braddock: Missing in Action III
    C
    Casualties of War
    Coming Home (filme)
    D
    Dead Presidents (filme)
    The Deer Hunter
    F
    Father Xmas
    Forrest Gump
    G
    Good Morning, Vietnam
    J
    Jacob's Ladder
    Jardins de Pedra
    L
    Limbo (filme)
    M
    Missing in Action
    Missing in Action 2: The Beginning
    N
    Nascido para Matar
    O
    Operation Dumbo Drop
    P
    Platoon
    Q
    The Quiet American
    R
    R-Point
    Rescue Dawn
    Rolling Thunder (filme)
    S
    Sticks and Bones
    Summertree
    U
    Universal Soldier
    V
    Vietnam! Vietnam!
    W
    Watchmen (filme)
    We Were Soldiers[/b]





    Fonte: Wikipédia

    http://www.granjadosolar.com/

      Data/hora atual: Qui Dez 14 2017, 04:50