11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

Grupo de Aviação de Veículos não Tripulados


    Segredos de Estado Revelados - TOP SECRET

    Compartilhe
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Segredos de Estado Revelados - TOP SECRET

    Mensagem  Cnshark em Ter Fev 25 2014, 06:56

    EUA

    CIA e Inteligencia Militar Norte Americana


    Depois de especulações que duraram décadas, veja aqui alguns dos principais segredos de projetos especiais da CIA e do governo dos Estados Unidos que ocorreram anos atrás e foram revelados ao público somente nos últimos anos:


    1. Projeto Manhattan




    Um dos programas de investigações secretas mais conhecidos é o Projeto Manhattan, que infelizmente foi focado na produção das primeiras bombas atômicas do mundo. O projeto começou em 1939 e envolvia físicos e demais cientistas na elaboração de bombas com potencial nuclear.

    Diversos testes foram realizados nos próprios Estados Unidos até que os cientistas encontrassem as melhores fórmulas e as combinações para uma maior abrangência das explosões nucleares. Um mês depois dos testes serem bem-sucedidos, as conhecidas bombas atômicas foram lançadas em Hiroshima e Nagasaki, no Japão.

    Top Secret: EUA criaram cidade para desenvolver bomba atômica nos anos 40

    Nos anos 40, em plena Segunda Guerra Mundial, o Governo dos Estados Unidos decidiu fundar uma cidade secreta no Tennessee — como parte do Projeto Manhattan. Totalmente planejada, Oak Ridge foi projetada pela empresa de arquitetura Skidmore, Owings & Merril, tendo um importante papel no desenvolvimento da bomba atômica. O principal objetivo de sua existência era a separação de urânio.

    Segundo revelações feitas pelo site A Continuous Lean, a localidade “Top Secret” tinha uma população de 70 mil habitantes, distribuída em uma área de mais de 28 mil metros quadrados. Ela contava com uma infraestrutura impressionante, que incluía fábricas enormes, escritórios administrativos e qualquer outra instalação que uma cidade normal precisa para funcionar. Até a escolha do nome “Oak Ridge” tinha como propósito manter os curiosos afastados, e a cidade era totalmente cercada e vigiada por sentinelas armados.

    Primeiro reator de uso contínuo do mundo

    O Laboratório Nacional de Oak Ridge foi criado como uma planta-piloto para a produção de plutônio através do uso do Reator de Grafite X-10, primeiro reator do mundo a ser projetado para operar de forma contínua.


    O Departamento de Energia de Oak Ridge iniciou a digitalização do arquivo de imagens, disponibilizando os registros históricos no Flickr. A única pessoa que tinha permissão para fotografar a cidade e seus habitantes era Ed Westcott, e todas as imagens eram meticulosamente encenadas. Você pode conferir algumas fotografias da época na galeria abaixo.



    2. Operação Paperclip




    Em setembro de 1946, o presidente americano criou um projeto chamado Operação Paperclip, que visava atrair cientistas da Alemanha nazista para os Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial. Cientistas alemães realmente foram recrutados e migraram para os EUA, garantindo que o conhecimento deles não migrasse para a União Soviética ou Alemanha Oriental.



    O cientista mais famoso recrutado foi Wernher von Braun, desenvolvedor de foguetes, que posteriormente ajudou o país em missões lunares.





    3. Projeto Grudge



    Apesar de a Área 51 não possuir, supostamente, ligações oficiais com alienígenas, outro projeto americano batizado de Grudge foi restritamente criado para estudar seres de outros planetas – e mais especificamente, as suas naves. Criado em 1949, o objetivo do programa foi estudar objetos voadores não identificados. Os mais céticos dizem que o Projeto Grudge não realizou pesquisas verdadeiras e só quis desmascarar os outros estudos e teorias em relação aos OVNIS.





    4. Área 51




    Certamente, um dos enigmas mais famosos que envolvem o governo americano e alienígenas, chamando a atenção de teóricos de todos os tipos com suas suposições e superstições. A área que está localizada em Nevada, perto de Las Vegas, foi reconhecida pela CIA como um ambiente de testes para uma variedade de aviões de espionagem e de reconhecimento – e somente isso. Segundo eles, o campo é restritamente militar, sem ligações com nada paranormal ou “de outro mundo”.





    5. Projeto MK-ULTRA




    Durante os anos da Guerra Fria, a CIA iniciou um projeto secreto chamado MK-ULTRA, que tinha como objetivo investigar os potenciais do controle da mente humana. Os cientistas envolvidos analisaram os efeitos da hipnose, agentes biológicos e algumas drogas (como o LSD) em seres humanos.



    Alguns historiadores dizem que o projeto foi concebido para desenvolver um tipo de sistema capaz de “programar” o cérebro – e que poderia ser aplicado em possíveis assassinos. Entretanto, em 1973, o diretor da CIA, Richard Helms, ordenou que todos os documentos do Projeto MK-ULTRA fossem completamente destruídos.




    6. Projeto Iceworm




    Em 1960, o exército dos Estados Unidos embarcou em uma missão secreta para construir uma série de locais móveis na camada de gelo da Groenlândia para lançamentos de mísseis nucleares. O objetivo era combater os possíveis mísseis lançados pela União Soviética, e o codinome da missão foi Projeto Iceworm.



    Entretanto, um disfarce de fins científicos com o nome “Camp Centrury” foi divulgado publicamente para que os americanos construíssem suas instalações sem problemas. Edifícios subterrâneos, alojamentos, cozinhas, laboratórios, salas de abastecimento e centro de comunicações, entre muitas outras instalações, foram realmente construídos.



    A base operou em segredo por sete anos e foi totalmente cancelada depois de seis anos, quando o excesso de gelo criou condições instáveis de viver. Hoje, os destroços do Projeto Iceworm estão enterrados no gelo do ártico.





    7. Projeto 1794




    Em 2012, a Força Aérea dos Estados Unidos revelou inúmeros documentos de um programa secreto para construção de uma nave no formato de um disco voador para combater possíveis bombardeios soviéticos. O projeto mais que ambicioso, denominado Projeto 1794, foi iniciado na década de 50 por um time de engenheiros que queriam construir uma aeronave capaz de viajar a velocidades supersônicas e altas altitudes.



    Os documentos liberados mostram que os engenheiros previam que a aeronave poderia atingir a velocidade Match 4 (quatro vezes mais rápida que a velocidade do som) e chegar a uma altitude de 30 mil metros. O valor do projeto, corrigido para o custo de hoje, seria de US$ 26 milhões. Entretanto, o projeto foi cancelado em dezembro de 1961, após os testes revelarem que a estrutura era aerodinamicamente instável.





    Fonte:Live Science

      Data/hora atual: Sab Jun 24 2017, 04:04