11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

Grupo de Aviação de Veículos não Tripulados


    Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Compartilhe
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 18:00

    "Aqui os homens do planeta Terra puseram pela primeira vez os pés na Lua, em 20 de julho de 1969. Viemos em paz em nome de toda a Humanidade."

    Por:
    Richard Milhous Nixon (Yorba Linda, 9 de janeiro de 1913 — Nova Iorque, 22 de abril de 1994) foi o 37° presidente dos Estados Unidos (1969-1974) e foi o único presidente a renunciar na história dos Estados Unidos. Ele foi também representante e senador pelo estado da Califórnia e 36° vice-presidente de seu país, durante o governo de Dwight Eisenhower.


    Referente:
    A uma placa comemorativa sobre a missão Apolo 11 deixada  na área de pouso do  Módulo Lunar Eagle na lua, na área de pouso chamada de Mar da tranquilidade que é uma grande área plana, formada de lava basáltica solidificada, na linha equatorial da face brilhante do satélite,  a placa foi  assinada pelos astronautas e pelo presidente americano Richard Nixon e está próxima a bandeira norte americana.



    Nixon nasceu em uma casa que seu pai construiu em Yorba Linda, Califórnia. Filho de Francis A. Nixon e Hannah Milhous Nixon em 9 de janeiro de 1913. Sua mãe era uma Quaker (seu pai a converteu no Metodismo depois de seu casamento), e sua educação foi marcada por observâncias conservadoras Quaker da época, tais como abster-se de dançar, álcool e xingamentos. Nixon tinha quatro irmãos: Harold (1909-1933), Donald (1914-1987), Arthur (1918-1925) e Edward. (nascido em 1930).
    O início da vida de Nixon foi marcado por dificuldades. O rancho da família Nixon faliu em 1922, e a família se mudou para Whittier, Califórnia. Em uma área com muitos Quakers, Frank Nixon abriu uma mercearia e posto de gasolina. O irmão mais novo de Richard, Arthur morreu em 1925 depois de uma breve doença.5 Com doze anos de idade, Nixon foi diagnosticado com tuberculose em seu histórico familiar; ele foi proibido de praticar esportes.


    Quaker (também denominado Quacre em Português) é o nome dado a vários grupos religiosos, com origem comum num movimento protestante britânico do século XVII. A denominação quaker é chamada de Quakerismo, Sociedade Religiosa dos Amigos (em inglês: Religious Society of Friends), ou simplesmente Sociedade dos Amigos ou Amigos. Eles são conhecidos pela defesa do pacifismo e da simplicidade. Estima-se que haja 360.000 quakers no mundo, sendo o Quênia na África o local que possui a maior comunidade quaker.


    Fonte: Wikipedia


    Última edição por Cnshark em Seg Mar 31 2014, 19:14, editado 1 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 18:11

    "Houston, Tranquility Base here. The Eagle has landed"  - “Houston, aqui Base da Tranquilidade. A Águia pousou”

    Por:
    Neil Alden Armstrong (Wapakoneta, 5 de agosto de 1930 — Cincinnati, 25 de agosto de 2012) foi um astronauta dos Estados Unidos, piloto de testes e aviador naval que escreveu seu nome na história do século XX e da humanidade ao ser o primeiro homem a pisar na Lua, como comandante da missão Apollo 11, em 20 de julho de 1969.


    Referente:
    Ao pousar na lua na área de pouso chamada de Mar da tranquilidade em uma grande área plana, formada de lava basáltica solidificada, na linha equatorial da face brilhante do satélite  Neil Armstrong disse no rádio a frase imortal: “Houston, Tranquility Base here. The Eagle has landed”. (“Houston, aqui Base da Tranquilidade. A Águia pousou”). A mais de 300 mil quilômetros dali, o mundo, que acompanhava ao vivo as comunicações de rádio entre o Controle de Voo no Centro Espacial Johnson em Houston e a Apolo 11, entrava em comoção e aplaudia e gritava e vibrava com o feito.



    Neil Armstrong, Edwin “Buzz” Aldrin e Michael Collins, os tripulantes da nave Columbia e integrantes da missão Apollo 11, tiveram um lançamento perfeito da Terra, uma jornada longa e calma para a Lua e uma rotineira ignição dos motores para colocá-los em órbita lunar. O seu destino era um local chamado Mar da Tranquilidade, uma grande área plana, formada de lava basáltica solidificada, na linha equatorial da face brilhante do satélite.Após a separação dos módulos da Apollo, enquanto Michael Collins ficava no Módulo de Comando Columbia numa órbita cem quilómetros acima do satélite, Armstrong e Aldrin começaram a sua descida ao Mar da Tranquilidade a bordo do Módulo Lunar Eagle. Não havia assentos no ML. Armstrong e Aldrin voavam em pé, firmes nos lugares por cordas elásticas presas no chão. Durante o mergulho, eles olharam pelas janelas e cronometraram a passagem dos marcos das paisagens abaixo deles, através de uma escala marcada na janela de Armstrong, para confirmar o rastreamento de dados que o controle da missão no Centro Espacial de Houston estava a receber. Com a ajuda de Houston, também verificaram o estado do Módulo. Se, como dizia Eugene Cernan - um ex-piloto da marinha americana que se tornou astronauta e comandou a última das missões a pousar na Lua, a Apollo 17 - pousar o Módulo Lunar era mais fácil que pousar um jato num porta-aviões durante a noite, uma das muitas vantagens era o fato de o Eagle estar equipado com o que era, na época, um sofisticado computador de bordo, que fez a maior parte do trabalho de rotina do voo de descida da nave. Exceto nos momentos finais da aproximação do solo, voar na trajetória correta era apenas uma questão de analisar os dados de navegação dos sistemas de radar e de inércia e então ir delicadamente ajustando o impulso e a ação dos motores do Módulo Lunar. Era uma tarefa de trabalho intensivo e bem ajustado ao controle do computador.Várias vezes durante a descida, porém, o computador soou alarmes. A trajetória da nave parecia boa, mas a mensagem de alerta “1202” trouxe alguns segundos tensos à tripulação até que o Houston avisasse que, ao que parecia, partes da memória do computador estavam a ser sobrecarregadas com estranhos dados do radar de aproximação. Felizmente, não só o computador tinha sido programado de modo que continuasse a conduzir tarefas de alta prioridade, como também a pessoa que melhor o computador conhecia — o homem que o criou, o engenheiro de sistemas Steve Bales — precisou de apenas alguns segundos para diagnosticar o problema e recomendar que o pouso continuasse. Mais tarde, Bales ficaria de pé ao lado da tripulação numa cerimônia na Casa Branca e foi condecorado pela sua especial contribuição para o sucesso da missão.Os alarmes contínuos e as quebras nas comunicações entre o Eagle e Houston eram irritantes, mas em todos os outros aspectos o computador do ML e o sistema de navegação tiveram um desempenho brilhante. Oito minutos e trinta segundos após a ignição do motor de descida, o computador colocou o Módulo quase ereto e Armstrong teve sua primeira visão em close-up do lugar para onde estava sendo levado pelo computador. Ele estava a cerca de 1 600 m acima e 6 000 m a leste da área de pouso. Como planejado, tinha combustível para mais 5 minutos de voo. Cada astronauta tinha uma janela pequena, triangular e de vidraça dupla à sua frente.



    Em princípio, se Armstrong não gostasse do ponto escolhido pelo computador, poderia movimentar o “joy-stick” manual de controle para frente, para trás ou para qualquer lado, além de orientar o computador para mover um pouco o alvo na direção indicada. De acordo com o plano, Aldrin dava a Armstrong o ângulo de descida de poucos em poucos segundos, porém a arte de direção computadorizada no tempo da Apollo 11 não era tão refinada como seria nas próximas missões e o computador estava a colocar o Eagle dentro de um campo de rochas, a nordeste de uma cratera do tamanho de um campo de futebol. Não havia problema para Armstrong em pousar num campo de rochas. Não era essencial que o ML pousasse perfeitamente ereto. Uma inclinação de mais de quinze graus não causaria nenhum problema em particular para o lançamento de volta à órbita após a missão. No entanto, se ele batesse com o sino do motor ou uma das patas do trem de aterragem numa rocha grande, haveria uma hipótese real do Módulo Lunar sofrer um dano estrutural. Decidiu então seguir a velha máxima dos pilotos: “Em caso de dúvida, aterre longe”. Para o fazer, teria que sobrevoar a cratera e pousar a oeste. E não havia maneira – nem tempo – de dar ao computador uma atualização de informações suficiente via controle manual. Então, a uma altitude de cerca de 150 m do solo, Neil Armstrong assumiu completamente o controle manual da nave para a descida final, apontou o ML para frente, começou a voar como um helicóptero e levou o Eagle para 400 m a oeste, sobre crateras e rochas. Enquanto Armstrong conduzia o Módulo Lunar à procura de um bom ponto de aterragem, a sua atenção estava totalmente focada no trabalho que tinha em mãos. Aldrin foi quem virtualmente falou o tempo todo e também estava bastante ocupado. Lia os dados do computador para Armstrong dando-lhe a altitude, a taxa de descida e a velocidade frontal. No Houston, o Diretor do Voo Gene Kranz e outros membros da equipe de apoio na Sala de Controle da missão, estavam a vigiar a telemetria do ML. Não sabiam ainda sobre a cratera e o campo de rochas, mas era óbvio que a alunagem estava a demorar mais tempo que o planejado. Além disso, a cada segundo que passava, havia uma crescente inquietação quanto ao combustível que restava. Por causa das incertezas em ambos os calibradores nos tanques e nas estimativas que podiam ser feitas por dados de telemetria no motor funcionando, a quantidade de tempo restante até que o combustível acabasse era de cerca de 20 s. Se chegassem a um nível muito baixo, Kranz teria que ordenar que a aterragem fosse abortada.


    Um drama era a última coisa que alguém queria para o primeiro pouso na Lua. O evento em si já era monumental e excitante o bastante. Finalmente, Neil Armstrong achou um local que gostava, começou a diminuir sua velocidade frontal e deixou o Módulo Lunar descer suavemente para a superfície. Quando baixaram para 25 m, Houston avisou que eles tinham 60 s de combustível restante e na cabine 'Buzz' Aldrin viu uma luz de aviso que dizia a mesma coisa. Mas agora estavam muito próximos e era apenas uma questão de pousarem suavemente. Armstrong tinha diminuido quase toda a velocidade frontal do Eagle e quando começaram a levantar poeira com o exaustor do motor, pediu a Aldrin para confirmar se ainda se estavam a mover um pouco para frente. Queria pousar numa superfície que pudesse ver à frente, em vez do solo que não podia ver atrás. Aldrin deu a confirmação que ele queria e oito segundos depois viram a luz de contato. As sondas de dez pés de comprimento que pendiam do trem de pouso tinham tocado a Lua. Um segundo ou dois depois, estavam pousados e desligaram o motor. Só tinham mais 20 segundos de combustível, mas estavam pousados. Então Armstrong disse no rádio a frase imortal: “Houston, Tranquility Base here. The Eagle has landed”.







    Fonte: Wikipedia
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 21:34

    "Estamos prontos para sacrificarmos nossas almas, nossas crianças e nossas famílias para não entregar o Iraque. Assim dizemos e ninguém acreditará que a América é capaz de violar a vontade dos iraquianos com suas armas.”

    Por:
    Saddam Hussein Abd al-Majid al-Tikriti, em árabe صدام حسين (Tikrit, 28 de abril de 1937 — Bagdad, 30 de dezembro de 2006) foi um político e estadista iraquiano; foi o quinto presidente do Iraque de 16 de julho de 1979 a 9 de abril de 2003.1 2 , e também acumulou o cargo de primeiro-ministro nos períodos de 1979–1991 e 1994–2003.



    Hussein foi uma das principais lideranças ditatoriais no mundo árabe e um dos principais membros do Partido Socialista Árabe Ba'ath, e mais tarde, do Partido Ba'ath baseado em Bagdá e de uma organização regional Partido Ba'ath - Região do Iraque, a qual expôs uma mistura de nacionalismo árabe e do socialismo árabe; Saddam teve um papel chave no golpe de 1968 que levou o partido a um domínio de longo prazo no Iraque.

    Em março de 2003, uma coalizão de países liderada pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido invadiu o Iraque para depor Saddam, depois que o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush acusou o líder iraquiano de possuir armas de destruição em massa e de ter ligações com a Al-Qaeda. O Partido Baath de Saddam foi dissolvido e a nação fez uma transição para um sistema democrático. Após sua captura em 13 de dezembro de 2003 (na Operação Red Dawn), o julgamento de Saddam ocorreu sob o governo interino iraquiano. Em 5 de novembro de 2006, ele foi condenado por acusações relacionadas ao assassinato de 148 xiitas iraquianos em 1982 e foi condenado à morte por enforcamento. A execução de Saddam Hussein foi realizada em 30 de dezembro de 2006.


    Fonte: frasesfamosas.com.br / Wikipédia
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 21:53

    “Estou cansado e enjoado da guerra. A glória não é mais que a luz do luar. Somente aqueles que nunca deram um tiro, nem ouviram os gritos e os gemidos dos feridos, é que clamam por sangue, vingança e mais desolação. A guerra é o inferno.”



    Por:
    General William Tecumseh Sherman (8 de fevereiro de 1820 - 14 de fevereiro de 1891)



    Foi soldado, homem de negócios e escritor estadunidense. Um dos seus irmãos mais novos foi o político e jurista John Sherman. Serviu como general no exército dos Estados Unidos durante a Guerra Civil dos EUA (1861-1865). Recebeu reconhecimento como notável estrategista militar e críticas para a dureza da sua política da terra arrasada contra os Estados Confederados.
    Nas palavras do historiador militar Basil Liddell Hart, Sherman foi "o primeiro general moderno" e "o gênio mais original da Guerra Civil Americana". Recebeu essa qualificação por ter sido um dos primeiros líderes militares a utilizar conscientemente a destruição da base econômica e da moral da população civil do oponente como meio principal de vencer o conflito, dentro dos princípios da guerra total.



    Fonte: Wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:07

    “O homem tem que estabelecer um final para a guerra, senão, a guerra estabelecerá um final para a humanidade.”

    Por:
    John Fitzgerald Kennedy (Brookline, 29 de maio de 1917 — Dallas, 22 de novembro de 1963) foi um político estadunidense que serviu como 35° presidente dos Estados Unidos (1961–1963)



    Considerado uma das grandes personalidades do século XX. Ele era conhecido como John F. Kennedy ou Jack Kennedy por seus amigos e popularmente como JFK.
    Eleito em 1960, Kennedy tornou-se o segundo mais jovem presidente do seu país, depois de Theodore Roosevelt. Ele foi Presidente de 1961 até o seu assassinato em 1963. Durante o seu governo houve a Invasão da Baía dos Porcos, a Crise dos mísseis de Cuba, a construção do Muro de Berlim, o início da Corrida espacial, a consolidação do Movimento dos Direitos Civis nos Estados Unidos e os primeiros eventos da Guerra do Vietnã.


    Durante a Segunda Guerra Mundial, conhecido pela sua liderança como o comandante do barco PT-109 na área do Pacífico Sul. Ao realizar um reconhecimento, o seu barco foi atingido por um destróier japonês, que partiu o barco em dois e causou uma explosão. A tripulação responsável conseguiu nadar até uma ilha e sobreviver até serem resgatados. Essa façanha proporcionou-lhe popularidade e começou assim a sua carreira política. Kennedy representou o Estado de Massachusetts como um membro da Câmara dos Deputados a partir de 1947 até 1953 e depois como Senador de 1953 até que se tornou presidente em 19612 . Com 43 anos de idade, foi o candidato presidencial do Partido Democrata nas eleições de 1960, derrotando o Republicano Richard Nixon em uma das eleições mais apertadas da história presidencial do país. Kennedy foi a última pessoa a ser eleita Presidente enquanto ainda exercia um mandato como Senador, até a eleição de Barack Obama em 2008. Também foi o único católico a ser eleito presidente dos Estados Unidos. Até a data, era o único nascido durante a Primeira Guerra Mundial e também o primeiro nascido no século XX.
    O presidente Kennedy morreu assassinado em 22 de novembro de 1963 em Dallas, Texas. O ex-fuzileiro naval Lee Harvey Oswald foi preso e acusado do assassinato, mas foi morto dois dias depois, por Jack Ruby e por isso não foi julgado. A Comissão Warren concluiu que Oswald agiu sozinho no assassinato. No entanto, o Comitê da Câmara sobre Assassinatos descobriu em 1979 que talvez tenha havido uma conspiração em torno do acontecido. Este tópico foi debatido e há muitas teorias sobre o assassinato, visto que o crime foi um momento importante na história dos Estados Unidos devido ao seu impacto traumático na psique da nação.
    Muitos viram em Kennedy um ícone das esperanças e aspirações americanas, e em algumas pesquisas no país ele ainda é valorizado como um dos melhores presidentes da história da nação.




    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:15

    “Óbvio que devemos ficar do lado de nossos aliados norte-coreanos.”  



    Por:
    Sarah Louise Palin /ˈpeɪlɪn/ (Heath; nascida em 11 de fevereiro de 1964) 11ª Governadora do Alasca


    É uma política dos Estados Unidos e autora. Foi candidata do Partido Republicano a vice-presidente na eleição presidencial de 2008, ela foi a primeira mulher do Alasca a ser candidata de um grande partido a presidência ou a vice presidência e primeira mulher republicana a ser nomeada para a vice-presidência. Seu livro de Going Rogue já vendeu mais de dois milhões de cópias. Desde janeiro de 2010, ela dá comentários políticos para a Fox News, e apresentava um programa de televisão chamado Sarah Palin's Alaska. Cinco milhões de telespectadores assistiram o primeiro episódio, um recorde para a The Learning Channel.
    Ela foi eleita para o Conselho Municipal de Wasilla, em 1992 e tornou-se prefeita de Wasilla, em 1996. Em 2003, após ser candidata sem sucesso a vice-governadora, foi nomeado Presidente do Alaska Oil and Gas Conservation Commission, responsável pela supervisão de petróleo e gás no estado. É a pessoa mais jovem e a primeira mulher a ser eleita governadora do Alasca, Sarah Palin ocupou o cargo desde dezembro de 2006 até sua renúncia em julho de 2009. Ela já aprovou e fez campanha para o movimento Tea Party, assim como vários candidatos nas eleições de meio de mandato de 2010. Desde a época de sua nomeação vice-presidencial em 2008, Palin foi considerada uma potencial candidata para a eleição presidencial de 2012, até que ela anunciou em outubro de 2011 que não iria concorrer.


    Referente:
    Após ser perguntada sobre como lidaria com as hostilidades atuais entre as duas Coreias, em entrevista à BBC (British Broadcasting Corporation), em 2010.






    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br


    Última edição por Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:44, editado 2 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:41

    "Heroísmos no comando, violência sem sentido e todos os disparates repugnantes que se cometem em nome do patriotismo - como os odeio passionalmente!”  



    Por:
    Albert Einstein (Ulm, 14 de março de 1879 — Princeton, 18 de abril de 1955)





    Foi um físico teórico alemão, posteriormente radicado nos Estados Unidos, que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos dois pilares da física moderna (ao lado da mecânica quântica). Embora mais conhecido por sua fórmula de equivalência massa-energia, E = mc2 (que foi chamada de "a equação mais famosa do mundo"), foi laureado com o Prêmio Nobel de Física de 1921 "por seus serviços à física teórica e, especialmente, por sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico". O efeito fotoelétrico foi fundamental no estabelecimento da teoria quântica.





    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br


    Última edição por Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:48, editado 1 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 22:48

    "O progresso tecnológico é como um machado nas mãos de um criminoso patológico.”  



    Por:
    Albert Einstein (Ulm, 14 de março de 1879 — Princeton, 18 de abril de 1955)





    Foi um físico teórico alemão, posteriormente radicado nos Estados Unidos, que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos dois pilares da física moderna (ao lado da mecânica quântica). Embora mais conhecido por sua fórmula de equivalência massa-energia, E = mc2 (que foi chamada de "a equação mais famosa do mundo"), foi laureado com o Prêmio Nobel de Física de 1921 "por seus serviços à física teórica e, especialmente, por sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico". O efeito fotoelétrico foi fundamental no estabelecimento da teoria quântica.





    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 23:35

    "A América e o Islam não são exclusivos e não precisam estar competindo entre si. Ao invés disso, os dois coincidem e compartilham princípios comuns de justiça e progresso, tolerância e a dignidade de todos os seres humanos.”  



    Por:
    Barack Hussein Obama II (Honolulu, 4 de agosto de 1961) é um advogado e político dos Estados Unidos, o 44o e atual presidente do país, sendo o primeiro afro-americano a ocupar o cargo. Nascido em Honolulu, no Havaí, Obama é graduado em Ciências Políticas pela Universidade Columbia, tendo cursado posteriormente Direito na Universidade de Harvard, onde foi presidente da Harvard Law Review. Também atuou como líder comunitário e como advogado na defesa de direitos civis e ensinou direito constitucional na escola de direito da Universidade de Chicago entre 1992 a 2004. Ele representou por três mandatos o 13º distrito de Illinois no senado estadual, entre 1994 a 2004, tentando eleger-se, sem sucesso, ao Congresso dos Estados Unidos em 2000.











    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br[/quote]
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 23:47

    "Só os mortos conhecem o fim da guerra."   



    Por:
    Platão( Atenas, 348/347 a.C.)

    Foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental. Juntamente com seu mentor, Sócrates, e seu pupilo, Aristóteles, Platão ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental.10 Acredita-se que seu nome verdadeiro tenha sido Arístocles .











    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Seg Mar 31 2014, 23:57

    “Que ninguém faça ilusões de que a simples ausência de guerra, ainda que sendo tão desejada, seja sinônimo de uma paz verdadeira. Não há verdadeira paz senão vier acompanhada de equidade, verdade, justiça e solidariedade.” 



    Por:
    Beato Papa João Paulo II (em latim: Ioannes Paulus PP. II, em italiano: Giovanni Paolo II, em polaco: Jan Paweł II, nascido Karol Józef Wojtyła, 18 de maio de 1920  — 2 de abril de 2005)



    Foi o papa e líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana e Soberano da Cidade do Vaticano de 16 de Outubro de 1978 até a sua morte. Teve o terceiro maior pontificado documentado da história; depois dos papas São Pedro, que reinou por cerca de trinta e sete anos, e Pio IX, que reinou por trinta e um anos. Foi o único Papa eslavo e polaco até a sua morte, e o primeiro Papa não-italiano desde o neerlandês Papa Adriano VI em 1522.
    João Paulo II foi aclamado como um dos líderes mais influentes do século XX. Teve um papel fundamental para o fim do comunismo na Polónia e talvez em toda a Europa, bem como significante na melhora das relações da Igreja Católica com o judaísmo,7 Islã,8 9 Igreja Ortodoxa, religiões orientais e a Comunhão Anglicana.10 Apesar de ter sido criticado por sua oposição à contracepção e a ordenação de mulheres, bem como o apoio ao Concílio Vaticano II e sua reforma das missas, também foi elogiado.
    Foi um dos líderes que mais viajaram na história, tendo visitado 129 países durante o seu pontificado. Sabia se expressar em italiano, francês, alemão, inglês, espanhol, português, ucraniano, russo, servo-croata, esperanto, grego clássico e latim, além do polaco, sua língua materna. Como parte de sua ênfase especial na vocação universal à santidade, beatificou 1340 pessoas e canonizou 483 santos, quantidade maior que todos os seus predecessores juntos pelos cinco séculos passados.Em 2 de abril de 2005, faleceu devido a sua saúde débil e o agravamento da doença de Parkinson. Em 19 de Dezembro de 2009 João Paulo II foi proclamado "Venerável" pelo seu sucessor papal, o Papa Bento XVI. Foi proclamado Beato em 1 de Maio de 2011 pelo Papa Bento XVI na Praça de São Pedro no Vaticano.






    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br


    Última edição por Cnshark em Ter Abr 01 2014, 00:28, editado 1 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 00:27

    “A justiça da causa determina o direito da luta. Sou um rebelde e a minha causa é a liberdade.” 



    Por:
    Mohammed Yasser Abdel Rahman Abdel Raouf Arafat al-Qudwa (Arabic: محمد ياسر عبد الرحمن عبد الرؤوف عرفات‎‎; 24 August 1929 – 11 November 2004), conhecido popularmente como  Yasser Arafat





    Foi o líder da Autoridade Palestiniana, presidente da Palestina (desde 1969) da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), líder da Fatah, a maior das facções da OLP, e co-detentor do Nobel da Paz.






    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 01:00

    “Os que fazem impossível uma evolução pacífica, farão inevitável uma revolução violenta.”

    Por:
    John Fitzgerald Kennedy (Brookline, 29 de maio de 1917 — Dallas, 22 de novembro de 1963) foi um político estadunidense que serviu como 35° presidente dos Estados Unidos (1961–1963)



    Considerado uma das grandes personalidades do século XX. Ele era conhecido como John F. Kennedy ou Jack Kennedy por seus amigos e popularmente como JFK.
    Eleito em 1960, Kennedy tornou-se o segundo mais jovem presidente do seu país, depois de Theodore Roosevelt. Ele foi Presidente de 1961 até o seu assassinato em 1963. Durante o seu governo houve a Invasão da Baía dos Porcos, a Crise dos mísseis de Cuba, a construção do Muro de Berlim, o início da Corrida espacial, a consolidação do Movimento dos Direitos Civis nos Estados Unidos e os primeiros eventos da Guerra do Vietnã.


    Durante a Segunda Guerra Mundial, conhecido pela sua liderança como o comandante do barco PT-109 na área do Pacífico Sul. Ao realizar um reconhecimento, o seu barco foi atingido por um destróier japonês, que partiu o barco em dois e causou uma explosão. A tripulação responsável conseguiu nadar até uma ilha e sobreviver até serem resgatados. Essa façanha proporcionou-lhe popularidade e começou assim a sua carreira política. Kennedy representou o Estado de Massachusetts como um membro da Câmara dos Deputados a partir de 1947 até 1953 e depois como Senador de 1953 até que se tornou presidente em 19612 . Com 43 anos de idade, foi o candidato presidencial do Partido Democrata nas eleições de 1960, derrotando o Republicano Richard Nixon em uma das eleições mais apertadas da história presidencial do país. Kennedy foi a última pessoa a ser eleita Presidente enquanto ainda exercia um mandato como Senador, até a eleição de Barack Obama em 2008. Também foi o único católico a ser eleito presidente dos Estados Unidos. Até a data, era o único nascido durante a Primeira Guerra Mundial e também o primeiro nascido no século XX.
    O presidente Kennedy morreu assassinado em 22 de novembro de 1963 em Dallas, Texas. O ex-fuzileiro naval Lee Harvey Oswald foi preso e acusado do assassinato, mas foi morto dois dias depois, por Jack Ruby e por isso não foi julgado. A Comissão Warren concluiu que Oswald agiu sozinho no assassinato. No entanto, o Comitê da Câmara sobre Assassinatos descobriu em 1979 que talvez tenha havido uma conspiração em torno do acontecido. Este tópico foi debatido e há muitas teorias sobre o assassinato, visto que o crime foi um momento importante na história dos Estados Unidos devido ao seu impacto traumático na psique da nação.
    Muitos viram em Kennedy um ícone das esperanças e aspirações americanas, e em algumas pesquisas no país ele ainda é valorizado como um dos melhores presidentes da história da nação.




    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 01:05

    “Só há uma guerra a que pode permitir-se o ser humano: a guerra contra sua extinção.”  





    Por:
    Isaac Asimov (em russo: Исаак Юдович Озимов; transl.: Isaak Yudavich Azimov; Petrovichi, ca. 2 de janeiro de 1920 — Nova Iorque, 6 de abril de 1992)



    foi um escritor e bioquímico americano, nascido na Rússia, autor de obras de ficção científica e divulgação científica.


    A obra mais famosa de Asimov é a série da Fundação, também conhecida como Trilogia da Fundação, que faz parte da série do Império Galáctico e que logo combinou com sua outra grande série dos Robots. Também escreveu obras de mistério e fantasia, assim como uma grande quantidade de não-ficção. No total, escreveu ou editou mais de 500 volumes, aproximadamente 90 000 cartas ou postais, e tem obras em cada categoria importante do sistema de classificação bibliográfica de Dewey, exceto em filosofia.1
    Asimov foi reconhecido como mestre do gênero da ficção científica e, junto com Robert A. Heinlein e Arthur C. Clarke, foi considerado em vida como um dos "Três Grandes" escritores da ficção científica.
    Asimov foi membro e vice-presidente por muito tempo da Mensa, ainda que com falta: ele os descrevia como "intelectualmente combalidos". Exercia, com mais frequência e assiduidade, a presidência da American Humanist Association (Associação Humanista Americana).
    Em 1981, um asteroide recebeu seu nome em sua homenagem, o 5020 Asimov. O robô humanóide "ASIMO" da Honda, também pode ser considerada uma homenagem indireta a Asimov, pois o nome do robô significa, em inglês, Advanced Step in Innovative Mobility, além de também significar, em japonês, "também com pernas" (ashi mo), em um trocadilho linguístico em relação à propriedade inovadora de movimentação deste robô.




    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 01:14

    “A barbárie não é somente a covardia do terrorismo mas também a intolerância ou a imposição de políticas unilaterais em escala planetária.”  





    Por:
    Fernando Henrique Cardoso (Rio de Janeiro, 18 de junho de 1931)






    É um sociólogo, cientista político, filósofo, professor universitário, escritor e político brasileiro. Professor emérito da Universidade de São Paulo (USP), lecionou também no exterior, notadamente na Universidade de Paris2 . Foi funcionário da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), membro do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), senador da República (1983 a 1992), ministro das Relações Exteriores (1992), ministro da Fazenda (1993 e 1994) e o 1° presidente do Brasil a ser eleito para 2 mandatos consecutivos (de 1995 a 1998 e de 1999 a 2002). É comumente referido pelo acrônimo de seu nome completo FHC.
    Graduado em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), Fernando Henrique Cardoso desenvolveu importante carreira acadêmica, tendo produzido diversos estudos sociais em nível regional, nacional e global, e recebido diversos prêmios e menções honrosas pelos trabalhos. Foi eleito pela revista Foreign Policy como o 11º pensador global mais importante em 2009, pelo pensamento e contribuição para o debate sobre a política antidrogas. É co-fundador, filiado e presidente de honra do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).6
    Natural da cidade do Rio de Janeiro, Fernando Henrique Cardoso mudou-se aos oito anos com a sua família para a cidade de São Paulo em 1939, tendo se casado em 1953 com a antropóloga e sua ex-colega de faculdade Ruth Vilaça Correia Leite (morta em 24 de junho de 2008) e tendo tido com ela três filhos (Paulo Henrique, Luciana e Beatriz).6 Fernando Henrique Cardoso é membro de uma família de classe média-alta (família Cardoso), sendo descendente de índios bem como primo do ator e comediante Pedro Cardoso e do cineasta Ivan Cardoso. Ainda, ostenta também origens africanas: uma trisavó sua foi uma escrava negra e uma bisavó sua era mulata.
    Atualmente, Fernando Henrique Cardoso preside o Instituto Fernando Henrique Cardoso (iFHC) fundado por ele em 2004 e participa de diversos conselhos consultivos em diferentes órgãos no exterior, como o Clinton Global Initiative, Brown University e United Nations Foundation. Ocupa também a cadeira n° 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 27 de junho de 2013, com a morte do jornalista João de Scantimburgo.




    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 01:38

    “Não há razões para contemporizar com a prática terrorista.” 





    Por:
    Luiz Inácio Lula da Silva, mais conhecido como Lula (Caetés, 27 de outubro de 1945 )


    É um político, ex-sindicalista e ex-metalúrgico brasileiro. Foi o trigésimo quinto presidente da República Federativa do Brasil, cargo que exerceu de 1º de janeiro de 2003 a 1º de janeiro de 2011. Foi sucedido na presidência pela candidata governista Dilma Rousseff .

    Referente:
    Em 2001, reafirmando, ao chegar a Lisboa, o seu apoio aos EUA no combate aos terrorismo.





    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 01:53

    “Se não chegarmos a triunfar não nos restaria senão, ao soçobrarmos, arrastar conosco metade do mundo neste desastre.” 





    Por:
    Adolf Hitler (Braunau am Inn, 20 de abril de 1889 — Berlim, 30 de abril de 1945)


    Adolfo Hitler, foi um militar e político, líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, NSDAP), também conhecido por Partido Nazi (português europeu) ou Nazista (português brasileiro), uma abreviatura do nome em alemão (Nationalsozialistische), sendo ainda oposição aos sociais-democratas, os Sozi. Hitler se tornou chanceler e, posteriormente, ditador alemão. Era filho de um funcionário de alfândega de uma pequena cidade fronteiriça da Áustria com a Alemanha.

    Em 1923, tentou realizar um golpe de Estado em Munique junto com outros líderes do Partido Nazista. O fracasso desse acontecimento levou-o a cadeia, onde escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta, 1924), autobiografia e programa ideológico para a Alemanha com as suas teses racistas e anti-semitas. Em 1933 tornou-se chanceler da Alemanha; seu projeto nacionalista rearmou o país, recuperou a economia e fez várias obras públicas. Em setembro de 1939, invadiu a Polônia, iniciando a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, juntamente com a Itália e com o Japão, formavam o Eixo. O Eixo seria derrotado pela intervenção externa do grupo de países que se denominavam os "Aliados". Tal grupo fez-se notável por ter sido constituído pelos principais representantes dos sistemas capitalista e socialista, entre os quais a União Soviética e os Estados Unidos, união esta que se converteu em oposição no período pós-guerra, conhecido como a Guerra Fria. A Segunda Guerra Mundial acarretou a morte de um total estimado em 50 a 70 milhões de pessoas.
    Documentos apresentados durante o Julgamento de Nuremberg indicam que, no período em que Adolf Hitler esteve no poder, grupos minoritários considerados indesejados — tais como Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, e judeus — foram perseguidos no que se tornou conhecido como Holocausto, no qual estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas foram mortas. A maioria dos historiadores admite que a maior parte dos perseguidos foi submetida a Solução Final, enquanto certos seres humanos foram usados em experimentos médicos ou militares.
    Hitler sobreviveu sem ferimentos graves a 42 atentados contra sua vida. Devido a isso, ao que tudo indica, Hitler teria chegado a acreditar que a "Providência" estava intervindo a seu favor. A última tentativa de assassiná-lo foi o atentado de 20 de julho de 1944, onde uma bomba, preparada para simular o efeito de um explosivo britânico, explodiu a apenas dois metros do Führer. O atentado foi liderado e executado por von Stauffenberg, coronel alemão condenado à morte por fuzilamento. Tal atentado não o impediu de, menos de uma hora depois, se encontrar em perfeitas condições físicas com o ditador fascista italiano Benito Mussolini.
    Adolf Hitler cometeu suicídio no seu quartel-general (o Führerbunker), em Berlim, a 30 de abril de 1945, enquanto o exército soviético combatia as suas tropas que defendiam a capital alemã (a francesa Charlemagne e a norueguesa Nordland). Segundo testemunhas, Hitler já teria admitido que havia perdido a guerra desde o dia 22 de abril, e desde já passavam por sua cabeça os pensamentos suicidas.








    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br


    Última edição por Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:08, editado 1 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:07

    “Paris está em chamas?”  





    Por:
    Adolf Hitler (Braunau am Inn, 20 de abril de 1889 — Berlim, 30 de abril de 1945)


    Adolfo Hitler, foi um militar e político, líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, NSDAP), também conhecido por Partido Nazi (português europeu) ou Nazista (português brasileiro), uma abreviatura do nome em alemão (Nationalsozialistische), sendo ainda oposição aos sociais-democratas, os Sozi. Hitler se tornou chanceler e, posteriormente, ditador alemão. Era filho de um funcionário de alfândega de uma pequena cidade fronteiriça da Áustria com a Alemanha.

    Em 1923, tentou realizar um golpe de Estado em Munique junto com outros líderes do Partido Nazista. O fracasso desse acontecimento levou-o a cadeia, onde escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta, 1924), autobiografia e programa ideológico para a Alemanha com as suas teses racistas e anti-semitas. Em 1933 tornou-se chanceler da Alemanha; seu projeto nacionalista rearmou o país, recuperou a economia e fez várias obras públicas. Em setembro de 1939, invadiu a Polônia, iniciando a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, juntamente com a Itália e com o Japão, formavam o Eixo. O Eixo seria derrotado pela intervenção externa do grupo de países que se denominavam os "Aliados". Tal grupo fez-se notável por ter sido constituído pelos principais representantes dos sistemas capitalista e socialista, entre os quais a União Soviética e os Estados Unidos, união esta que se converteu em oposição no período pós-guerra, conhecido como a Guerra Fria. A Segunda Guerra Mundial acarretou a morte de um total estimado em 50 a 70 milhões de pessoas.
    Documentos apresentados durante o Julgamento de Nuremberg indicam que, no período em que Adolf Hitler esteve no poder, grupos minoritários considerados indesejados — tais como Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, e judeus — foram perseguidos no que se tornou conhecido como Holocausto, no qual estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas foram mortas. A maioria dos historiadores admite que a maior parte dos perseguidos foi submetida a Solução Final, enquanto certos seres humanos foram usados em experimentos médicos ou militares.
    Hitler sobreviveu sem ferimentos graves a 42 atentados contra sua vida. Devido a isso, ao que tudo indica, Hitler teria chegado a acreditar que a "Providência" estava intervindo a seu favor. A última tentativa de assassiná-lo foi o atentado de 20 de julho de 1944, onde uma bomba, preparada para simular o efeito de um explosivo britânico, explodiu a apenas dois metros do Führer. O atentado foi liderado e executado por von Stauffenberg, coronel alemão condenado à morte por fuzilamento. Tal atentado não o impediu de, menos de uma hora depois, se encontrar em perfeitas condições físicas com o ditador fascista italiano Benito Mussolini.
    Adolf Hitler cometeu suicídio no seu quartel-general (o Führerbunker), em Berlim, a 30 de abril de 1945, enquanto o exército soviético combatia as suas tropas que defendiam a capital alemã (a francesa Charlemagne e a norueguesa Nordland). Segundo testemunhas, Hitler já teria admitido que havia perdido a guerra desde o dia 22 de abril, e desde já passavam por sua cabeça os pensamentos suicidas.








    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br


    Última edição por Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:09, editado 1 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:08

    “A espada deles se tornará nosso arado, e das lágrimas da guerra o alimento para as futuras gerações crescerá.” 





    Por:
    Adolf Hitler (Braunau am Inn, 20 de abril de 1889 — Berlim, 30 de abril de 1945)


    Adolfo Hitler, foi um militar e político, líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, NSDAP), também conhecido por Partido Nazi (português europeu) ou Nazista (português brasileiro), uma abreviatura do nome em alemão (Nationalsozialistische), sendo ainda oposição aos sociais-democratas, os Sozi. Hitler se tornou chanceler e, posteriormente, ditador alemão. Era filho de um funcionário de alfândega de uma pequena cidade fronteiriça da Áustria com a Alemanha.

    Em 1923, tentou realizar um golpe de Estado em Munique junto com outros líderes do Partido Nazista. O fracasso desse acontecimento levou-o a cadeia, onde escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta, 1924), autobiografia e programa ideológico para a Alemanha com as suas teses racistas e anti-semitas. Em 1933 tornou-se chanceler da Alemanha; seu projeto nacionalista rearmou o país, recuperou a economia e fez várias obras públicas. Em setembro de 1939, invadiu a Polônia, iniciando a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, juntamente com a Itália e com o Japão, formavam o Eixo. O Eixo seria derrotado pela intervenção externa do grupo de países que se denominavam os "Aliados". Tal grupo fez-se notável por ter sido constituído pelos principais representantes dos sistemas capitalista e socialista, entre os quais a União Soviética e os Estados Unidos, união esta que se converteu em oposição no período pós-guerra, conhecido como a Guerra Fria. A Segunda Guerra Mundial acarretou a morte de um total estimado em 50 a 70 milhões de pessoas.
    Documentos apresentados durante o Julgamento de Nuremberg indicam que, no período em que Adolf Hitler esteve no poder, grupos minoritários considerados indesejados — tais como Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, e judeus — foram perseguidos no que se tornou conhecido como Holocausto, no qual estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas foram mortas. A maioria dos historiadores admite que a maior parte dos perseguidos foi submetida a Solução Final, enquanto certos seres humanos foram usados em experimentos médicos ou militares.
    Hitler sobreviveu sem ferimentos graves a 42 atentados contra sua vida. Devido a isso, ao que tudo indica, Hitler teria chegado a acreditar que a "Providência" estava intervindo a seu favor. A última tentativa de assassiná-lo foi o atentado de 20 de julho de 1944, onde uma bomba, preparada para simular o efeito de um explosivo britânico, explodiu a apenas dois metros do Führer. O atentado foi liderado e executado por von Stauffenberg, coronel alemão condenado à morte por fuzilamento. Tal atentado não o impediu de, menos de uma hora depois, se encontrar em perfeitas condições físicas com o ditador fascista italiano Benito Mussolini.
    Adolf Hitler cometeu suicídio no seu quartel-general (o Führerbunker), em Berlim, a 30 de abril de 1945, enquanto o exército soviético combatia as suas tropas que defendiam a capital alemã (a francesa Charlemagne e a norueguesa Nordland). Segundo testemunhas, Hitler já teria admitido que havia perdido a guerra desde o dia 22 de abril, e desde já passavam por sua cabeça os pensamentos suicidas.








    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:10

    “Os generais pensam que a guerra deve ser travada como os torneios da Idade Média. Cavaleiros não têm utilidade para mim; preciso de revolucionários.”





    Por:
    Adolf Hitler (Braunau am Inn, 20 de abril de 1889 — Berlim, 30 de abril de 1945)


    Adolfo Hitler, foi um militar e político, líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, NSDAP), também conhecido por Partido Nazi (português europeu) ou Nazista (português brasileiro), uma abreviatura do nome em alemão (Nationalsozialistische), sendo ainda oposição aos sociais-democratas, os Sozi. Hitler se tornou chanceler e, posteriormente, ditador alemão. Era filho de um funcionário de alfândega de uma pequena cidade fronteiriça da Áustria com a Alemanha.

    Em 1923, tentou realizar um golpe de Estado em Munique junto com outros líderes do Partido Nazista. O fracasso desse acontecimento levou-o a cadeia, onde escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta, 1924), autobiografia e programa ideológico para a Alemanha com as suas teses racistas e anti-semitas. Em 1933 tornou-se chanceler da Alemanha; seu projeto nacionalista rearmou o país, recuperou a economia e fez várias obras públicas. Em setembro de 1939, invadiu a Polônia, iniciando a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, juntamente com a Itália e com o Japão, formavam o Eixo. O Eixo seria derrotado pela intervenção externa do grupo de países que se denominavam os "Aliados". Tal grupo fez-se notável por ter sido constituído pelos principais representantes dos sistemas capitalista e socialista, entre os quais a União Soviética e os Estados Unidos, união esta que se converteu em oposição no período pós-guerra, conhecido como a Guerra Fria. A Segunda Guerra Mundial acarretou a morte de um total estimado em 50 a 70 milhões de pessoas.
    Documentos apresentados durante o Julgamento de Nuremberg indicam que, no período em que Adolf Hitler esteve no poder, grupos minoritários considerados indesejados — tais como Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, e judeus — foram perseguidos no que se tornou conhecido como Holocausto, no qual estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas foram mortas. A maioria dos historiadores admite que a maior parte dos perseguidos foi submetida a Solução Final, enquanto certos seres humanos foram usados em experimentos médicos ou militares.
    Hitler sobreviveu sem ferimentos graves a 42 atentados contra sua vida. Devido a isso, ao que tudo indica, Hitler teria chegado a acreditar que a "Providência" estava intervindo a seu favor. A última tentativa de assassiná-lo foi o atentado de 20 de julho de 1944, onde uma bomba, preparada para simular o efeito de um explosivo britânico, explodiu a apenas dois metros do Führer. O atentado foi liderado e executado por von Stauffenberg, coronel alemão condenado à morte por fuzilamento. Tal atentado não o impediu de, menos de uma hora depois, se encontrar em perfeitas condições físicas com o ditador fascista italiano Benito Mussolini.
    Adolf Hitler cometeu suicídio no seu quartel-general (o Führerbunker), em Berlim, a 30 de abril de 1945, enquanto o exército soviético combatia as suas tropas que defendiam a capital alemã (a francesa Charlemagne e a norueguesa Nordland). Segundo testemunhas, Hitler já teria admitido que havia perdido a guerra desde o dia 22 de abril, e desde já passavam por sua cabeça os pensamentos suicidas.








    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:14

    “O holocausto é a solução definitiva para os judeus.”





    Por:
    Adolf Hitler (Braunau am Inn, 20 de abril de 1889 — Berlim, 30 de abril de 1945)


    Adolfo Hitler, foi um militar e político, líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (em alemão: Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, NSDAP), também conhecido por Partido Nazi (português europeu) ou Nazista (português brasileiro), uma abreviatura do nome em alemão (Nationalsozialistische), sendo ainda oposição aos sociais-democratas, os Sozi. Hitler se tornou chanceler e, posteriormente, ditador alemão. Era filho de um funcionário de alfândega de uma pequena cidade fronteiriça da Áustria com a Alemanha.

    Em 1923, tentou realizar um golpe de Estado em Munique junto com outros líderes do Partido Nazista. O fracasso desse acontecimento levou-o a cadeia, onde escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta, 1924), autobiografia e programa ideológico para a Alemanha com as suas teses racistas e anti-semitas. Em 1933 tornou-se chanceler da Alemanha; seu projeto nacionalista rearmou o país, recuperou a economia e fez várias obras públicas. Em setembro de 1939, invadiu a Polônia, iniciando a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, juntamente com a Itália e com o Japão, formavam o Eixo. O Eixo seria derrotado pela intervenção externa do grupo de países que se denominavam os "Aliados". Tal grupo fez-se notável por ter sido constituído pelos principais representantes dos sistemas capitalista e socialista, entre os quais a União Soviética e os Estados Unidos, união esta que se converteu em oposição no período pós-guerra, conhecido como a Guerra Fria. A Segunda Guerra Mundial acarretou a morte de um total estimado em 50 a 70 milhões de pessoas.
    Documentos apresentados durante o Julgamento de Nuremberg indicam que, no período em que Adolf Hitler esteve no poder, grupos minoritários considerados indesejados — tais como Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, e judeus — foram perseguidos no que se tornou conhecido como Holocausto, no qual estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas foram mortas. A maioria dos historiadores admite que a maior parte dos perseguidos foi submetida a Solução Final, enquanto certos seres humanos foram usados em experimentos médicos ou militares.
    Hitler sobreviveu sem ferimentos graves a 42 atentados contra sua vida. Devido a isso, ao que tudo indica, Hitler teria chegado a acreditar que a "Providência" estava intervindo a seu favor. A última tentativa de assassiná-lo foi o atentado de 20 de julho de 1944, onde uma bomba, preparada para simular o efeito de um explosivo britânico, explodiu a apenas dois metros do Führer. O atentado foi liderado e executado por von Stauffenberg, coronel alemão condenado à morte por fuzilamento. Tal atentado não o impediu de, menos de uma hora depois, se encontrar em perfeitas condições físicas com o ditador fascista italiano Benito Mussolini.
    Adolf Hitler cometeu suicídio no seu quartel-general (o Führerbunker), em Berlim, a 30 de abril de 1945, enquanto o exército soviético combatia as suas tropas que defendiam a capital alemã (a francesa Charlemagne e a norueguesa Nordland). Segundo testemunhas, Hitler já teria admitido que havia perdido a guerra desde o dia 22 de abril, e desde já passavam por sua cabeça os pensamentos suicidas.








    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:18

    “Não, a pintura não é feita para decorar os apartamentos. É um instrumento de guerra ofensiva e defensiva contra o inimigo.”





    Por:
    Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María de los Remedios Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso, ou simplesmente Pablo Picasso (Málaga, 25 de outubro de 1881 — Mougins, 8 de abril de 1973)



    foi um pintor, escultor e desenhista espanhol, tendo também desenvolvido a poesia.Foi reconhecidamente um dos mestres da arte do século XX. É considerado um dos artistas mais famosos e versáteis de todo o mundo, tendo criado milhares de trabalhos, não somente pinturas, mas também esculturas e cerâmica, usando, enfim, todos os tipos de materiais. Ele também é conhecido como sendo o co-fundador do Cubismo, junto com Georges Braque.







    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:22

    “O Islã é multiforme, não se pode reduzir à ala terrorista ou à ala moderada. Há interpretações sunitas, xiitas, etc. Culturalmente, existe uma grande diferença entre Indonésia, África ou a Península Arábica, e talvez esteja se formando também um Islã com características européias, que aceita elementos de nossa cultura. Em todo caso, para nós, é um desafio positivo a firme fé em Deus dos muçulmanos, a consciência de que estamos todos sob o juízo de Deus, junto com um certo patrimônio moral e a observação de algumas normas que demonstram que a fé, para viver, necessita expressões comuns, algo que perdemos em certa medida.”





    Por:
    Bento XVI (em latim: Benedictus XVI), nascido Joseph Aloisius Ratzinger (Marktl am Inn, Alemanha, 16 de abril de 1927)



    Papa Emérito da Igreja Católica. Seu outro título é Romano Pontífice Emérito.







    Fonte: wikipédia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:26

    "Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus.”  



    Por:
    Albert Einstein (Ulm, 14 de março de 1879 — Princeton, 18 de abril de 1955)





    Foi um físico teórico alemão, posteriormente radicado nos Estados Unidos, que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos dois pilares da física moderna (ao lado da mecânica quântica). Embora mais conhecido por sua fórmula de equivalência massa-energia, E = mc2 (que foi chamada de "a equação mais famosa do mundo"), foi laureado com o Prêmio Nobel de Física de 1921 "por seus serviços à física teórica e, especialmente, por sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico". O efeito fotoelétrico foi fundamental no estabelecimento da teoria quântica.





    Fonte: Wikipedia / frasesfamosas.com.br
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 43
    Localização : Tubarão

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Cnshark em Ter Abr 01 2014, 02:28

    “Pode-se tirar de um general seu exército, mas não de um homem sua vontade.”



    Por:
    Confúcio, também conhecido como K'ung Ch'iu, K'ung Chung-ni ou Confucius
    Nasceu em meados do século VI (551 a.C.), em Tsou, uma pequena cidade no estado de Lu, hoje Shantung em 27 de Agosto de 551 a.C. à Morte em 479 a.C. (72 anos)


    A filosofia de Confúcio sublinhava uma moralidade pessoal e governamental, também os procedimentos corretos nas relações sociais, a justiça e a sinceridade. Estes valores ganharam relevo na China sobre outras doutrinas, como o legalismo (法家) e o taoismo (道家) durante a Dinastia Han  (206 a.C. – 220). Os pensamentos de Confúcio foram desenvolvidos num sistema filosófico conhecido por confucianismo.

    Porque nenhum texto é demonstrável ser de autoria de Confúcio, e as ideias que mais chegadas lhe eram foram elaboradas em escritos acumulados durante o período entre a sua morte e a fundação do primeiro império chinês em 221 a.C., muitos acadêmicos são muito cautelosos em atribuir asserções específicas ao próprio Confúcio. Os seus ensinamentos podem ser encontrados na obra Analectos de Confúcio (論語), uma colecção de aforismos, que foi compilada muitos anos após a sua morte. Por cerca de dois mil anos, pensou-se ter sido Confúcio o autor ou editor de todos os Cinco Clássicos (五經) como o Clássico dos Ritos (禮記) (editor), e Os Anais de Primavera e Outono (春秋) (autor).
    Os princípios de Confúcio tinham uma base nas tradições e crenças chinesas comuns. Favorecia uma lealdade familiar forte, veneração dos ancestrais, respeito para com os idosos pelas suas crianças (e, de acordo com intérpretes posteriores, das esposas para como os maridos), e a família como a base para um governo ideal. Expressou o conhecido princípio, "não faças aos outros o que não queres que façam a ti", uma das versões mais antigas da ética da reciprocidade.


    As Idéias

    A sua ideologia de organização da sociedade procurava também recuperar os valores antigos, perdidos pelos homens de sua época. No entanto, em sua busca pelo Tao, ele usava uma abordagem diferente da noção de desprendimento proposta pelos taoístas. A sua teoria baseava-se num critério mais realístico, onde a prática do comportamento ritual daria uma possibilidade real aos praticantes de sua doutrina de viverem em harmonia.
    Confúcio não pregava a aceitação plena de um papel definido para os elementos da sociedade, mas sim que cada um cumprisse com seu dever de forma correta. Já o condicionamento dos hábitos serviria para temperar os espíritos e evitar os excessos. Logo, a sua doutrina apregoava a criação de uma sociedade capaz, culturalmente instruída e disposta ao bem estar comum. A sua escola foi sistematizada nos seguintes princípios:

    Ren, humanidade (altruísmo);
    Li, ou cortesia ritual;
    Zhi, conhecimento ou sabedoria moral;
    Xin, integridade;
    Zhing, fidelidade;
    Yi, justiça, retidão, honradez.

    Cada um desses princípios ligar-se-ia às características que para ele se encontravam ausentes ou decadentes na sociedade.




    Os Cinco Clássicos (em chinês: Wujing; 五經) são os cinco textos clássicos chineses relacionados com Confúcio. A tradição chinesa atribuiu a compilação destes textos a Confúcio.
    Os Cinco Clássicos são:

    "Livro das Mutações" (em chinês: I Ching ou Yì Jīng; 易經)
    "Clássico da História" ou "Clássico dos Documentos" (Shū Jīng; 書經)
    "Clássico da Poesia" ou "Livro das Odes" (Shī Jīng; 詩經)
    "Clássico dos Ritos" (Lǐ Jì; 禮記)
    "Os Anais de Primavera e Outono" (Chūn Qiū; 春秋).


    Por mais de 2.000 anos, estes livros foram evocados como referências na sociedade, no governo, na literatura e na religião da China. Os estudantes chineses normalmente estudavam os curtos Quatro Livros antes de estudar os Cinco Clássicos.
    Os Cinco Clássicos foram ensinados desde 136 a.C., quando o Confucianismo se tornou a ideologia de estado na China, até aos princípios do século XX. O domínio dos textos era requerido por qualquer letrado chinês para poder acessar a qualquer emprego na vasta burocracia governamental, através dos exames imperiais. Após 1950 somente alguns textos foram ensinados nas escolas públicas.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Juntando palavras e formando às "FRASES FAMOSAS"

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Abr 30 2017, 06:00