11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

11° GAVnt - Ursae Minoris - UM i

Grupo de Aviação de Veículos não Tripulados


    Hinos Nacionais - Brasil

    Compartilhe
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 44
    Localização : Tubarão

    Hinos Nacionais - Brasil

    Mensagem  Cnshark em Dom Jan 30 2011, 23:40

    HINO NACIONAL


    Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
    De um povo heróico o brado retumbante,
    E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
    Brilhou no céu da pátria nesse instante.
    Se o penhor dessa igualdade
    Conseguimos conquistar com braço forte,
    Em teu seio, ó liberdade,
    Desafia o nosso peito a própria morte!
    Ó Pátria amada,
    Idolatrada,
    Salve! Salve!
    Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
    De amor e de esperança à terra desce,
    Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
    A imagem do Cruzeiro resplandece.
    Gigante pela própria natureza,
    És belo, és forte, impávido colosso,
    E o teu futuro espelha essa grandeza.
    Terra adorada,
    Entre outras mil,
    És tu, Brasil,
    Ó Pátria amada!
    Dos filhos deste solo és mãe gentil,
    Pátria amada,
    Brasil!

    Parte II

    Deitado eternamente em berço esplêndido,
    Ao som do mar e à luz do céu profundo,
    Fulguras, ó Brasil, florão da América,
    Iluminado ao sol do Novo Mundo!
    Do que a terra, mais garrida,
    Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
    "Nossos bosques têm mais vida",
    "Nossa vida" no teu seio "mais amores."
    Ó Pátria amada,
    Idolatrada,
    Salve! Salve!
    Brasil, de amor eterno seja símbolo
    O lábaro que ostentas estrelado,
    E diga o verde-louro dessa flâmula
    - "Paz no futuro e glória no passado."
    Mas, se ergues da justiça a clava forte,
    Verás que um filho teu não foge à luta,
    Nem teme, quem te adora, a própria morte.
    Terra adorada,
    Entre outras mil,
    És tu, Brasil,
    Ó Pátria amada!
    Dos filhos deste solo és mãe gentil,
    Pátria amada,
    Brasil!


    Letra: Joaquim Osório Duque Estrada
    Música: Francisco Manuel da Silva


    Dados sobre os autores
    Joaquim Osório Duque Estrada nasceu em Pati do Alferes (RJ) em 1870 e faleceu em 1927, no Rio de Janeiro. Professor do Colégio D. Pedro II e da Escola Normal, foi poeta e crítico literário. Obras principais: A Arte de Fazer Versos, Crítica e Polêmica.

    A música, composta em 1822 é de Francisco Manuel da Silva que nasceu em 1795 no Rio de Janeiro, onde faleceu em 1865. Dedicou-se à música desde a infância, fundando a Sociedade Beneficente Musical e o Conservatório de Música do Rio de Janeiro.

    Note que o autor da letra nasceu cinco anos depois da morte do autor da música. O texto só foi oficializado como letra do Hino Nacional em 6 de setembro de 1922, véspera do Centenário da Independência, por Decreto do então presidente Epitácio Pessoa.

    Curiosidades

    No hino brasileiro aparecem várias palavras referindo-se à bandeira. A origem da bandeira é muito antiga. Os romanos usavam um molho de palha nas pontas das lanças para marcar sua presença. Na Idade Média, o uso das bandeiras e insígnias generalizou-se. Os cavaleiros, para serem reconhecidos, usavam distintivos na armadura ou nos elmos com que cobriam a cabeça. Os cruzados colocavam panos coloridos nas pontas de hastes para se identificarem.


    Estudo do vocabulário

    *Ipiranga = do tupi "ypiranga" Rio vermelho

    *Plácidas = calmas, tranqüilas, serenas

    *Retumbante = Estrondoso

    *Fúlgidos = brilhante, luminoso

    *Penhor = Garantia, prova

    *Vívido = Que tem vivacidade

    *Resplandece = Brilha intensamente

    *Impávido = Destemido

    *Colosso = Gigante

    *Fulguras = Emanação elevada do pensamento ou claridade não acompanhada de estrondo

    *Florão = Abóboda

    *Garrida = Alegre, vistósa

    *Labaro = Céu

    *Flâmula = Bandeira

    *Clava = Pau curto mais volumoso em uma extremidade usada como arma







    Última edição por CnShark em Qua Fev 16 2011, 08:10, editado 3 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 44
    Localização : Tubarão

    Hinos dos aviadores

    Mensagem  Cnshark em Qui Fev 03 2011, 01:33

    Hino dos Aviadores



    Vamos filhos altivos dos ares
    Nosso vôo ousado alçar
    Sobre campos, cidades e mares,
    Vamos nuvens e céu enfrentar.

    D'astro-rei desafiamos nos cimos
    Bandeirantes audazes do azul
    As estrelas de noite, subimos
    Para orar ao Cruzeiro do Sul.

    ESTRIBRILHO

    Contacto! Companheiros
    Ao vento, sobranceiros,
    Lancemos o roncar
    Da hélice a girar.

    Mas se explode o corisco no espaço
    Ou a metralha, na guerra rugir,
    Cavaleiros do século do aço
    Não nos faz o perigo fugir.

    Não importa a tocaia da morte
    Pois que a Pátria, dos céus no altar,
    Sempre erguemos de ânimo forte,
    O holocausto da vida, a voar.

    ESTRIBRILHO

    Contacto! Companheiros...



    Letra: Cap. Armando Serra de Menezes
    Música: Tenente João Nascimento


    Estudo do vocabulário

    * Cimo = cume, ponto mais elevedo



    Última edição por Cnshark em Seg Out 24 2011, 16:34, editado 8 vez(es)
    avatar
    Cnshark
    Admin

    Mensagens : 1292
    Data de inscrição : 25/01/2011
    Idade : 44
    Localização : Tubarão

    Hino Oficial da Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira

    Mensagem  Cnshark em Qui Fev 03 2011, 02:23

    Canção do 1º Grupo de Aviação de Caça - Senta a Púa



    Passei o Carnaval em Veneza
    Levando umas "bombinhas" daqui
    Caprichei bem o meu mergulho
    Foi do barulho, o alvo eu atingi


    A Turma de lá atirava
    Atirava sem cessar
    E o pobre " jambock" pulava
    Pulava e gritava sem desanimar
    Assim:
    Flak, Flak, este é de quarenta
    Flak, Flak, tem ponto cinquenta

    Um " Bug" aqui um "Bug" lá
    Um "Bug" aqui um "Bug lá
    SENTA A PÚA minha gente
    Que ainda temos que estreifar



    Bombinhas - Duas bombas de demolição de 500 lb por avião (226.8 Kg)
    A Turma de lá - Os alemães
    Jambock - Nome de código do 1º Grupo de Aviação de Caça, na Itália - permanecendo até hoje aqui no Brasil
    Flak - Iniciais de FLugzeug Abwehr Kanonen - Canhão de Defesa Anti-aérea alemão
    Este é de quarenta - Calibre da FLAK, 40mm
    Tem ponto cinquenta - Calibre das metralhadoras do P-47, 0.50 polegada (aproximadamente 12,5 mm)
    Bug - Nome de código adotado por toda a Força Aérea aliada,durante a Segunda Guerra, para indicar qualquer avião no ar não identificado. (Após a identificação, se fosse inimigo, era identificado como Bandit)
    SENTA A PÚA!! - Grito de Guerra do 1º, Grupo de Aviação de Caça
    Estreifar - Jargão utilizado pelos pilotos para designar a manobra de varrer o solo atrás de alvos após as missões de bombardeio


    Letra: Capitão Pessoa Ramos e Tenentes Rocha, Perdigão, Meira e Rui
    Música: Benedito Lacerda e Erivelton Martins


    * Conteúdo disposto na integra retirado do site Sentando a Pua, 1° Grupo de Aviação de Caça.
    www.sentandoapua.com.br



    Conteúdo patrocinado

    Re: Hinos Nacionais - Brasil

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Fev 22 2018, 23:30